POST48

Moda sem gênero

21 de março de 2016
0

Estamos falando tanto em igualdade de gênero e um mundo mais harmonizado, que me surpreendi quando vi que a nova coleção da Zara “sem gênero” foi tão criticada.

Gente se uma marca tenta quebrar um padrão de comportamento, roupas para cada sexo,  com um coleção simples, de peças que podem ser usados por ambos, não era para estarmos felizes?
Estamos tentando desconstruir a barreira das distinções por sexo, estamos querendo um mundo melhor em que possamos comprar e usar o que bem entendermos sem sermos recriminados por isso.

A coleção intitulada Ungendered da Zara é sim uma coleção simples, 10 peças, em tons neutros, com preços até 50 dólares, sem grandes extravagâncias, Ok!! Mas se não gostou não use. Pronto, simples assim!!

Um dos pontos de queixa é a falta de cor e estampa para homens usarem, sim mas homens usando estampas é algo complicado, tipo meu irmão não usa estampas, e muitos da geração dele são conservadores também. Não é fácil mudar um padrão de anos. Tenhamos um pouco de paciência, não vamos mudar o mundo em 7 dias!
A Zara apostou em algo neutro, para não chegar causando estranhamento demais. Concorda comigo?

 

Sem toda essa gritaria, ironizando a marca, afirmando que criou uma linha que mais parece pijamas.

Coleção sem gênero da Zara! Sem preconceitos por favor

Coleção sem gênero da Zara! Sem preconceitos por favor

 

Ok se a Zara não teve tanto sucesso desta vez, mas vamos falar de quem foi e continua sendo um sucesso.
Quem já assistiu o filme Coco antes de Chanel, vai conseguir entender o que é o conceito de moda sem gênero (Se não viu clica no trailer que já ajuda). Chanel se apropriou do vestuário masculino e criou peças,sob medida para ela, em pela década de 20.
Essa é a ideia, criar essa troca mas se preocupando em manter o caimento, e não usar algo que parece que não foi feito para você.
Uma das razões de todo o alvoroço por causa da Zara, é que a coleção também não tem um caimento ideal! Mas nada que não possamos equilibrar – Lei da compensação – Calça mais solta, blusa mais justa!

E temos outra rede fast fashion que também está tentando se abrir para este momento da moda. A loja C&A lançou a sua nova campanha “Tudo lindo e misturado” no último dia 15, com homem de usando vestido floral e mulher de cueca. E advinha se já não teve os críticos de plantão só esperando para soltar os cachorros na marca!!

O que irritou os fashionistas é que no site há ainda a segmentação por gênero. E como uma campanha que fala em misturar tudo pode ter um site que separa?! Achei complicadinho isso, mas tudo bem!

Site da C&A

Site da C&A

Aqui em Santa Maria quem segue a Natalia Isaia, Personal Bride e de Moda, nas redes sociais já deve ter visto que ela é bem adepta ao uso de camisas masculinas, ela dá várias dicas de como usar sem perder a feminilidade. Isso é uma moda sem gênero e sem estresse!

Natalia Isaia usando camisa masculina

Natalia Isaia usando camisa masculina

 

Eu li muito para escrever  e criar uma opinião sobre este assunto. Sabe o que eu acho é que as pessoas adoram criticar e criticar, mas agregar algo de positivo nada!  Tudo bem se a nova coleção da Zara ainda não é sucesso e o desejo do ideal para uma moda sem gênero, mas falar, sem ofender e depreciar, vai ajudar a marca a chegar onde desejamos.

Uma moda sem gênero é um desafio não apenas para a marca que cria, mas para a população que aceitar que precisamos de menos rótulos.

Vejo minhas amigas e pessoas próximas que tem filhos pequenos que estão tentando quebrar essa história de isso é de menina e isso de menino, mas como a sociedade está preparada para receber isso? Critica, fala mal, desdenha.
Então antes de criticar pare e pense se você está contribuindo para que os preconceitos continuem.

Queremos um mundo e uma moda melhor mas temos que começar por nós mesmos a mudarmos nossos conceitos!!

Beijos da Tay

 

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE
16 de janeiro de 2018

Férias – Dicas de Garopaba/SC

Estilo de Vida, Moda
ler
26 de agosto de 2015

A Fábrica da Felicidade em Santa Maria

Estilo de Vida
ler
9 de agosto de 2018

Faça Festa!

Estilo de Vida, Eventos, Moda
ler

Tayne Alcântara

Publicitária com licença para criar e fazer tudo que acredita.

Nestes últimos anos experimentei a vida de empreendedora e abri com a minha amiga e sócia a nossa empresa de eventos (Cereja Criativa) e realmente achei o meu lugar. O Blog Achados da Tay é onde compartilho tudo que encontro, experimento, vivo no meu dia a dia, e por causa dele surgiu o Bazar da Tay, um evento voltando ao slow fashion. Te convido a entrar neste meu mundo louco e cheio de ideias, experiências, dicas, lugares, eventos e tudo que for de bom. Propague boas ideias!!!